Topo

Pausa

Pare, respire e olhe o mundo ao redor

'Kalsarikännit', o hábito finlandês de beber álcool sozinho e seminu

Governo da Finlândia
Os finlandeses criaram seus prórpios emojis para representar esse costume que é considerado orgulho nacional Imagem: Governo da Finlândia

da BBC

18/06/2018 08h24

É difícil de pronunciar, mas os finlandeses têm uma palavra, kalsarikännit, para um hábito nacional incomum (pelo menos em vários países): o de ficar em casa, bebendo, vestindo apenas roupas de baixo.

Pode não ser um costume muito comum em outros países, mas na Finlândia, o kalsarikännit (pronuncia-se "calçaricãnít") é celebrado como costume nacional e motivo de orgulho.

O termo aparece com destaque em uma página na internet (This is Finland) produzida pelo ministério das Relações Exteriores do próprio país, na seção que trata sobre costumes locais.

Existem até emojis específico para o costume.

Veja também

Por que beber em casa?

No livro "Kalsarikännit: bebendo em casa sozinho, em roupas de baixo", o autor finlandês Miska Rantanen explica que a prática é um caminho para "relaxamento solitário, recuperação e autoempoderamento que ajuda a enfrentar desafios".

O livro descreve o procedimento: "Tire a roupa de trabalho até ficar apenas com a roupa de baixo. Coloque petiscos doces e salgados ao alcance da cama ou do sofá, perto do controle remoto e de dispositivos para acessar mídias sociais. Abra uma garrafa ou lata de bebida alcoólica".

O autor lembra que a Finlândia sempre figura no topo em rankings de felicidade e de igualdade entre sexos, e é tido como modelo em áreas como educação e bem-estar social. Por trás desse sucesso estaria "a habilidade dos finlandeses de permanecerem calmos, saudáveis e satisfeitos ao lidar com tarefas e tentações ou a enfrentar o estresse do trabalho".

E essa habilidade, segundo Rantanen, resulta da prática do kalsarikännit.

O hábito teria surgido como forma de enfrentar o longo e escuro inverno do país (de seis meses) - nas semanas mais duras, o país tem apenas seis horas de luz e registra temperaturas de cerca de 20ºC negativos. Muitos preferem ficar em casa sozinhos, em vez de ter de colocar várias camadas de roupa para sair e ver amigos.

Já o governo finlandês diz que beber em casa seria uma solução para "problemas de comportamento público", frequentemente ligados ao consumo excessivo de álcool. Muitos finlandeses reconhecem sua reputação de "bons de copo".

Segundo dados de 2015 do Banco Mundial, o consumo médio de álcool por habitante é de 11,9 litros ao ano. A média é similar a de outros países nórdicos, mas está acima dos 9,1 litros do Brasil.

Restrições ao álcool

Por isso, até pouco tempo vigorava na Finlândia uma lei bastante restritiva para coibir a venda de bebidas alcoólicas. Mesmo bebidas de teor relativamente baixo , como cerveja e cidra, não podiam ser compradas em supermercados.

Os impostos sobre o álcool são muito altos para desestimular o consumo. Nem todos os restaurantes têm licença para servir bebidas alcoólicas porque é muito difícil conseguir autorização para vendê-las.

Para vinho e outras bebidas de maior teor etílico, a única opção de comprar uma garrafa é na rede de lojas Alko, administrada pelo Estado. É o governo finlandês quem controla a importação e a venda no atacado das bebidas alcoólicas no país.

Em dezembro do ano passado, o Parlamento finlandês suavizou um pouco essa legislação, que estava em vigor desde 1960. Agora, é possível comprar cerveja e cidra em outros estabelecimentos, mas com horários limitados.

Para driblar as restrições, muitos restaurantes fazem compras no exterior. Finlandeses também o fazem a pé. Pegam uma balsa até Tallin, capital da Estônia, onde é possível ver muitos finlandeses voltando para casa carregados de bebidas.

Levando em conta as restrições e os impostos que pesam sobre as bebidas mais fortes, além das duras condições meteorológicas, talvez não seja tão estranho entender porque muitos finlandeses preferem simplesmente a reclusão do lar para, confortavelmente e de roupa íntima, "tomar uma".

É difícil de pronunciar, mas os finlandeses têm uma palavra, kalsarikännit, para um hábito nacional incomum (pelo menos em vários países): o de ficar em casa, bebendo, vestindo apenas roupas de baixo.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Pausa