Topo

Universa


Universa

Projeto de casa em penhasco é inspirado nas cracas presas em navios

Projeto criado pelo escritório Modscape para a 'Casa no Penhasco', na Austrália

2014-09-11T12:50:02

11/09/2014 12h50

Uma empresa australiana criou um projeto de uma casa idealizada para moradores que não têm medo de altura. Batizada de "Cliff House", ou "Casa no Penhasco", a futura construção possuirá vista deslumbrante para o oceano e se localizará na ponta de um rochedo, se realmente ganhar corpo. O conceito foi criado pela empresa Modscape, sediada na Áustralia, que projeta e constrói casas pré-fabricadas.

O desenho possui três quartos (sendo uma suíte máster), uma sala de estar, uma garagem, um lavabo, um spa e uma churrasqueira no andar mais baixo. A decoração interna é propositadamente minimalista para que o visitante ou o morador preste atenção "nas vistas transcendentais do oceano". Segundo o site do escritório, o esboço ganhou forma quando um casal procurou a companhia e questionou os projetistas se seria possível construir uma casa de veraneio nas extremidades costeiras do estado de Victoria, na Austrália.

$escape.getH()uolbr_geraModulos('embed-foto','/2014/o-projeto-para-a-cliff-house-desenhado-pelo-escritorio-australiano-modscape-preve-uma-construcao-com-um-dos-lados-em-franca-inclinacao-e-composicao-total-das-paredes-por-panos-de-vidro-1410450645622.vm')

Casa "craca"

Inspirado pela forma como as cracas se agarram aos cascos dos navios, o projeto prevê a divisão da casa em cinco módulos conectados por um elevador e uma escada, a partir de uma plataforma na altura do topo do penhasco. A estrutura seria ligada à rocha por pinos de aço. À primeira vista, um dos principais obstáculos seria a maresia – afinal, a casa poderia estar sujeita à corrosão vinda do mar -, mas, segundo Maxwell Hutchinson, ex-presidente do Royal Institute of British Architects, não há razão física pela qual a construção não possa ganhar forma. Vigas suspensas presas à encosta poderiam aguentar a estrutura tais como os grampões suportam alpinistas.

Ainda de acordo com Hutchinson, enquanto muitas pessoas acreditam que as casas têm de ser erguidas a partir do chão, é igualmente possível, pelo menos em teoria, construí-las em suspenso. Há um sem número de exemplos de construções "oníricas" espalhados pelo mundo, desde casas flutuantes até submarinas, passando por hotéis de gelo. O especialista adverte, no entanto, que "todos esses exemplares são caros, porque a indústria da construção detesta qualquer coisa fora do comum". Sendo assim, um eventual comprador da Cliff House teria de "abrir a carteira" para vê-la pronta, além, é claro, de "não ter medo de altura", brinca Hutchinson.

Mais Universa