Universa

Brasileiro vende 'maior coleção de uísque do mundo'

BBC
Claive Vidiz levou 35 anos para formar sua coleção de uísques Imagem: BBC

08/10/2008 08h03

O principal colecionador de uísque escocês do mundo, o brasileiro Claive Vidiz, vendeu sua coleção para o braço escocês da Diageo, líder mundial no setor de bebidas.

A coleção, de 3.384 garrafas, foi formada pelo brasileiro ao longo de 35 anos. Vidiz viajou o mundo em busca das bebidas para criar sua coleção, considerada a maior do mundo.

Os detalhes da venda, inclusive o preço pago pela rara coleção, não foram divulgados. No entanto, especialistas na bebida afirmam que a compilação é "inestimável" e conta com os uísques mais populares até os mais raros.

A coleção será emprestada pela Diageo a uma empresa escocesa de turismo Scotch Whisky Experience, uma atração turística que faz programas especiais sobre a tradição do uísque escocês.

A empresa, que faz parte da tradicional Royal Mile - percurso de uma milha que reúne as principais atrações de Edinburgo -, está construindo uma adega especial para abrigar a coleção.

Raridades
Entre as principais raridades da coleção está uma das 69 garrafas de malte único Strathmill produzidas para celebrar os 100 anos da destilaria Speyside.

As garrafas da edição limitada do uísque, envelhecido 100 anos, foram oferecidas a poucas pessoas selecionadas a dedo, inclusive alguns chefes de Estado.

"É maravilhoso ver a coleção retornar à Escócia. É como a expressão que temos no Brasil - 'o bom filho à casa torna' - e acho que a coleção está de volta à sua família agora", disse Vidiz.

Uma das garrafas preferidas do colecionador é um exemplar do Dimple Pinch, uma das primeiras edições especiais de uísque produzidas na Escócia.

A garrafa foi comprada por Vidiz em 1969 por US$1 mil. Na época, era a garrafa de edição especial de uísque escocês mais cara do mercado.

A coleção de Vidiz foi transportada de navio e seu envio levou meses de preparação, já que cada garrafa foi embalada individualmente por especialistas em obras de arte.

"Estamos felizes por ter trabalhado com Claive para trazer essa coleção maravilhosa de volta para a Escócia e por estarmos ajudando a preservar seu legado e importância histórica", disse Bryan Donaghey, diretor da Diageo Scotland.

O diretor da VisitScotland, a empresa oficial de turismo do país, Philip Riddle, afirmou que "o retorno de uma coleção tão importante e significativa para a Escócia é uma notícia fantástica".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo