Universa

Starbucks é acusada de desperdiçar milhões de litros de água

EFE
Loja da rede Starbucks, que tem uma política de deixar as torneiras abertas durante todo o dia Imagem: EFE

Rob Norris

Da BBC News em Londres

06/10/2008 12h03

A rede americana de cafés Starbucks está sendo acusada de desperdiçar milhões de litros de água todos os dias. O desperdício se deve a uma política da empresa de deixar as torneiras de água fria abertas durante todo o dia em milhares de suas lojas ao redor do mundo.

Segundo a empresa, trata-se de uma medida de saúde e segurança necessária para manter a limpeza das instalações. Mas ambientalistas estão chocados.

A rede sempre tentou projetar a imagem de que é uma empresa preocupada com o meio ambiente. "Ao tomar algumas medidas para reduzir o desperdício em nossas operações e reciclar, somos capazes de preservar os recursos naturais da Terra e melhorar a qualidade de vidas ao redor do mundo", afirma um texto na página da empresa na internet.

"(A rede) Starbucks busca ativamente por oportunidades para minimizar o impacto ambiental", diz o site da empresa.

Clientela
Por isso, quando uma de suas clientes na Grã-Bretanha percebeu uma torneira com água correndo de forma ininterrupta atrás do balcão, decidiu reclamar para a empresa.

Uma executiva do Starbucks respondeu a cliente afirmando que a medida estava sendo utilizada em lojas ao redor do mundo para impedir qualquer risco de que germes se reproduzam nas torneiras ou pias, onde se lavam colheres e outros utensílios.

Em uma visita a uma das lojas da rede no centro de Londres, uma das funcionárias foi questionada sobre a razão de a torneira ficar aberta o tempo todo.

"Para manter as coisas limpas, colheres, etc", respondeu a funcionária.
Quando a funcionária é questionada novamente se isto não seria um desperdício de água, a resposta foi: "Humm... é, sim, eu acho que é".

O caso provocou uma série de protestos em jornais da Grã-Bretanha. Um deles calculou que o desperdício de água pode totalizar 23 milhões de litros por dia.

Críticas
Ambientalistas condenaram a prática. A ONG Water Waste, que trabalha com campanhas de prevenção ao desperdício de água, considerou chocante o desperdício da rede de cafés.

A direção da rede Starbucks afirmou que não quer dar entrevistas, mas enviou uma declaração à BBC. Segundo o texto, a empresa afirma que o sistema funciona bem para garantir que a companhia mantenha os padrões de qualidade e segurança.

A diretoria afirma ainda que, apesar de reconhecer que há oportunidades para reduzir seu uso de água, a empresa está dentro dos padrões da Organização das Nações Unidas e precisa equilibrar a preservação da água com a necessidade de manter a segurança dos clientes.

No entanto, agora que esses clientes começaram a fazer perguntas embaraçosas, a companhia poderá sentir uma forte pressão para fechar as torneiras.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo