Universa

Um em cada dez já foi ao trabalho bêbado, diz pesquisa britânica

07/05/2008 11h22

Mais de um em dez empregados admitiu ter ido trabalhar bêbado e um em três já foi ao escritório de ressaca, segundo uma pesquisa feita por uma empresa de seguros na Grã-Bretanha.

Mil pessoas e 250 empresas participaram do estudo realizado pela Norwich Union Healthcare. Entre os que admitiram ter estado de ressaca ou bêbados no trabalho, 85% confirmaram que isso afetava o seu desempenho e o seu humor.

Mais de um terço (36%) dos que trabalharam bêbados ou de ressaca disseram achar difícil se concentrar, 35% eram menos produtivos, 42% se sentiam cansados ao ponto de querer dormir e 25% faziam o mínimo de trabalho possível e iam para casa mais cedo.

Entre os empregadores, quatro em cada cinco disseram que o álcool é a maior ameça ao bem-estar de seus funcionários.

'Os piores'
A pesquisa também revelou que trabalhar bêbado parece ser mais comum em algumas profissões do que em outras. Entre os que trabalham no setor de mídia e outros empregos chamados "criativos", 41% disse já ter ido trabalhar ainda bêbado - quatro vezes mais do que a média.

O número de pessoas que admitiram trabalhar bêbadas foi também alto na indústria da construção (24%), setor de serviços empresariais (23%), e tecnologia da informação (15%).

Cary Cooper, professor de Psicologia Organizacional e Saúde da Lancaster University, disse que bebida em excesso é uma manifestação de estresse e que isso é comum em certas indústrias.

"São nas profissões onde há muito estresse - jornada de trabalho longa, muita expectativa, contratos curtos e mau gerenciamento - que há mais gente bebendo no trabalho", afirmou.

Ele disse acreditar que as pessoas bebem para lidar com o estresse e que as empresas deveriam mudar a cultura de longas jornadas de trabalho para combater o problema.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo