Universa

Empresa britânica proíbe pedreiros de 'cantar' mulheres com assobio

03/04/2008 14h38

A empresa britânica de construção civil George Wimpey proibiu os seus pedreiros de assobiar para as mulheres que passam pelos canteiros de obras.

De acordo com a empresa, a tradicional "cantada" dos pedreiros que assobiam para mulheres que passam pelas obras pode afastar um tipo sofisticado de compradoras de imóveis que se sentem incomodadas com a atitude.

Inicialmente, a proibição será direcionada apenas aos pedreiros que trabalham em obras na região próxima de Bristol, no oeste da Inglaterra, mas a medida poderá ser ampliada para todas as obras da empresa no país.

Para garantir que os pedreiros cumpram com a proibição, um diretor da empresa foi enviado a todas as obras da região para verificar o comportamento dos empregados.

"Fora de moda"
De acordo com o diretor de vendas da George Wimpey, Richard Goad, o assobio está fora de moda. "No século 21, o assobio não cabe mais", disse Goad. "As mulheres não iriam aturar receber um assobio e não esperam ouvir nada parecido quando estão em um local comercial."

O diretor da construtora afirma ainda que os pedreiros concordaram com a proibição. "Na opinião deles, o fim dos assobios encoraja mais mulheres a visitar as obras e, para eles, isso só pode ser uma coisa boa", afirmou.

Em 2007, a empresa já havia determinado uma proibição similar aos pedreiros que trabalhavam em obras na região sul do País de Gales.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa

Topo