Topo

Universa

Papa e Armani participam do revezamento da tocha de Turim

BBC
O estilista italiano Giorgio Armani, que revezará a tocha com o Papa Imagem: BBC

07/12/2005 16h32

ROMA - O papa Bento 16 e o estilista Giorgio Armani participarão do revezamento da tocha olímpica pela Itália para o início dos Jogos de Inverno de Turim de 2006, anunciaram os organizadores da competição nesta terça-feira.

A chama, carregada numa "lanterna mágica", pousará em Roma no dia 7 de dezembro vindo da histórica cidade grega Olímpia. De lá, passará 64 dias percorrendo o país até o retorno para a cidade de Turim.

Em seu caminho, a chama será conduzida por jogadores de futebol de Roma, modelos de Milão, por gondoleiros de Veneza e até por um piloto em um carro da Ferrari.

"Esta é uma rota que mostrará toda a beleza e variedade do nosso país", disse o chefe da organização dos Jogos de Turim, Valentino Castellani, em coletiva de imprensa.

O revezamento da chama olímpica tornou-se um espetáculo nas últimas Olimpíadas e a Itália preparou uma grande festa para sua chegada antes dos Jogos, que acontecerão em fevereiro.

Antes da Olimpíada de Atenas do ano passado, a chama rodou o mundo em uma viagem de seis semanas que envolveu um complexo esquema de segurança e vôos de país para país em dois aviões fretados.

O revezamento da tocha na Itália, entretanto, será um evento bem menor. Ainda assim, ela terá 11.000 quilômetros de corrida em 140 cidades.

O campeão olímpico da maratona Stefano Baldini será o primeiro carregador da tocha em solo italiano, depois que o presidente Carlo Azeglio Ciampi acendê-la na "lanterna mágica".

Entre os pontos altos da passagem estão a benção dada pelo papa Bento 16 quando ela passar pela praça de São Pedro, o passeio em uma Ferrari na sede da fábrica em Maranello, e uma volta de gôndola nos rios de Veneza.

A chama chega a Turim em 10 de fevereiro para a cerimônia de abertura da competição.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Universa