menu
Topo

Diversidade

EUA terá 1ª candidata trans em eleição a governo de estado

Caleb Kenna/Reuters
14.ago.2018 - Christine Hallquist venceu nesta terça-feira a primária democrata e será a candidata do partido ao governo de Vermont - a primeira mulher transgênero Imagem: Caleb Kenna/Reuters

15/08/2018 14h07

A norte-americana Christine Hallquist, uma mulher transgênero, venceu nesta terça-feira (14) as eleições primárias democratas e será candidata a governadora do estado de Vermont, nos Estados Unidos, pelo partido. Assim, Hallquist pode se tornar a primeira pessoa trans a governar um estado norte-americano.   

Foi realizada ontem uma das etapas do pleito, as primárias dos partidos, para vagas em nível municipal, estadual e federal, nas eleições que serão realizadas em novembro. Hallquist ganhou 48,1% dos votos, derrubando outros três democratas, incluindo um pré-candidato de 14 anos, Ethan Sonneborn, que chamou a atenção da mídia internacional por sua idade. Assim, a participação de pessoas transgênero nas eleições deste ano já representa a maior da história norte-americana. Pelo menos 43 candidatos se apresentaram na fase das primárias, sendo que quatro venceram e 22 ainda estão na disputa para confirmar as candidaturas.   

Hallquist fez a transição de gênero há poucos anos. Ela, como dirigente da companhia elétrica Vermont Electricity Coop, realizou sua campanha baseada em liderança empresarial, em suas ideias de energia renovável e a favor da igualdade. A candidata enfrentará o atual governador de Vermont, o republicano Phil Scott.   

Oponente: Por uma falta de estabelecimento de idade mínima na legislação local, Ethan Sonneborn, de 14 anos, apresentou-se como pré-candidato democrata para o estado de Vermont.   

O menino, que não tem idade para votar, mas pode se candidatar, disse se identificar com a ala progressista, acreditar que os jovens devem ter uma participação mais ativa na vida política, além de defender as famílias de classe média e de trabalhadores.   

Para participar das primárias, Sonneborn precisou da permissão dos pais e de 500 assinaturas. A atual condição necessária para se candidatar às eleições é habitar no estado de Vermont por, pelo menos, quatro anos. O jovem mora lá desde que nasceu, ou seja, há 14 anos.   

"Acredito que sou o candidato que mais representa as mudanças de que precisamos", declarou em um debate televisivo recentemente.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!