menu
Topo

Transforma

Mulheres protagonizam um mundo em evolução

EUA revela casos de pedofilia envolvendo 300 padres

Getty Images
Imagem: Getty Images

da ANSA, em Washington

15/08/2018 08h30

A Suprema Corte da Pensilvânia revelou nesta terça-feira (14) um relatório do grande júri que lista mais de 300 religiosos envolvidos em um escândalo de abuso sexual na Igreja Católica no estado, além de detalhar 70 anos de respostas negligentes para encobrir os crimes.

A divulgação havia sido adiada em decorrência dos apelos de alguns padres, os quais alegam violação de seus direitos constitucionais, mas os juízes decidiram tornar público o documento.

Veja também

De acordo com o procurador-geral do Estado, Josh Shapiro, mais de mil crianças vítimas foram identificadas, mas acredita-se que o número é bem maior.

Esta é a investigação mais abrangente sobre casos de pedofilia no país. Conduzida por Shapiro, a investigação teve duração de 18 meses e diz respeito a oito dioceses do estado - Harrisburg, Pittsburgh, Allentown, Scranton, Erie e Greensburg.

Além disso, inclui análises de outros júris que revelaram abusos e encobrimentos em mais duas dioceses.

A revelação acontece em um momento em que a Igreja Católica está enfrentando um escândalo de abuso sexual em diversos países, principalmente no Chile, onde mais de 150 religiosos estão sendo investigados pelo Ministério Público.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Mais Transforma