menu
Topo

Violência contra a mulher

Morgan Freeman é acusado de assédio sexual por 8 mulheres

Frederic J. Brown/AFP
Imagem: Frederic J. Brown/AFP

24/05/2018 14h22

Ao menos oito mulheres acusaram o ator norte-americano Morgan Freeman, de 80 anos, de assédio sexual e conduta inapropriada, informou nesta quinta-feira (24) a emissora "CNN".   

Segundo a publicação, o ator teria assediado por vários meses uma jovem assistente de produção do filme "Despedida em Grande Estilo", estrelado por Freeman e lançado em 2017. A mulher revelou que foi tocada diversas vezes e que o ator também fazia comentários sobre suas roupas e seu corpo.   

Veja também


Em uma das ocasiões, de acordo com a CNN, Freeman teria tentado levantar a saia da assistente e chegou a perguntar se ela estaria usando roupas íntimas. Outra mulher, da produção do filme "Truque de Mestre", de 2013, acusou o ator de tê-la assediado e também sua assistente, tendo diversas vezes feito comentários sexistas sobre seus corpos.   

"Ele fez comentários sobre nossos corpos. Nós sabíamos que se ele viesse [ao estúdio], não poderíamos usar nenhum top que mostrasse nossos seios", disse a mulher.   

No total, 16 pessoas acusaram o ator de comportamento inapropriado, porém oito delas revelaram ter sofrido assédio sexual de Freeman. Além disso, todas elas afirmaram que ele fazia as mulheres se sentirem desconfortáveis no ambiente de trabalho, com comentários inapropriados em público.   

Ainda segundo as denunciantes, ninguém revelou antes os assédios porque temiam perder seus empregos. Aos 80 anos, Morgan Freeman é um dos mais premiados atores de Hollywood. O ator é conhecido por seus trabalhos em filmes como "Conduzindo Miss Daisy" (1989), "Os Imperdoáveis" (1992) e "Menina de Ouro" (2004).