menu
Topo

Política

Gucci doa US$ 500 mil para marcha contra armas

AFP/Getty Images
Emma González, uma das estudantes que protestam pelo controle de armas depois de sua escola ter sido alvo de um atirador na Flórida Imagem: AFP/Getty Images

da ANSA, em Roma

26/02/2018 12h23

A grife italiana de luxo Gucci anunciou, na última sexta-feira (23), a doação de US$ 500 mil para a marcha estudantil que, em 14 de março, defenderá o controle de armas de fogo em Washington, nos Estados Unidos.

Segundo o site "Women's Wear Daily", citando um porta-voz da grife, a empresa deseja expressar apoio para a "Marcha para a nossa vida", e também para todos os alunos que acreditam que suas vidas e segurança são uma prioridade.

Veja também

A mobilização da Gucci ocorreu após o massacre ocorrido na escola secundária de Parkland, na Flórida, quando um jovem de 19 anos matou 17 pessoas, no dia 14 de fevereiro. O principal protesto dos alunos acontecerá em Washington, enquanto algumas outras manifestações estão sendo organizadas

Todos os atos têm o objetivo de pedir ao Congresso a aprovação de uma legislação que acabe com a violência provocada por armas de fogo. Alguns artistas como George Clooney e sua esposa, Amal, Oprah Winfrey, e o diretor Steven Spielberg, doaram US $ 500 mil, cada um, para a manifestação.

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!