Topo

Moda

Ações da Ferragamo surpreendem na Bolsa

Getty Images
Modelo desfila look Resort 2012 da Salvatore Ferragamo (28/06/2011) Imagem: Getty Images

30/06/2011 18h23

O primeiro dia de negociações da grife italiana Salvatore Ferragamo na bolsa de Milão foi marcado pela alta das ações, que atingiram um aumento de 8,9% em seu valor durante o pregão, sendo vendidas por cerca de 9,8 euros.
   
"Em 12 anos de experiência com cotações na Bolsa, o que eu vi hoje está seguramente no top 3", afirmou o administrador responsável da Bolsa milanesa, Raffaele Jeursalmi.
   
O CEO da Ferragamo, Michele Norsa, disse esperar que mais empreendimentos sigam este exemplo disponibilizando suas ações para negociação. "Acredito que muitas outras empresas podem fazer o que nós conseguimos mostrar ser possível".
   
Um telão foi montado na sede da companhia em Milão para ilustrar a história da grife, que em seus 83 anos de existência foi consagrada como um dos principais expoentes da indústria de sapatos luxuosos e que conseguiu expandir seus negócios para o ramo de bolsas, perfumes e acessórios.
   
Sophia Loren, Marilyn Monroe, Audrey Hepburn e Greta Garbo foram algumas das clientes da marca. (ANSA)

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!