Diversidade

Estudante americano vence primeira etapa da 'batalha dos banheiros'

Jamie McCarthy/Getty Images
Gavin Grimm Imagem: Jamie McCarthy/Getty Images

Da AFP

23/05/2018 14h59

Juíza federal dos Estados Unidos deu razão a um adolescente transgênero que luta há anos para usar o banheiro masculino em sua escola no estado da Virgínia.

"Sinto-me imensamente aliviado após ter lutado por isso desde os meus 15 anos", declarou Gavin Grimm, agora com 18 anos, em um comunicado transmitido pela American Civil Liberties Union (ACLU).

Veja também: 

Grimm nasceu com o sexo feminino, mas se identifica como homem.

A decisão da juíza Arenda Wright Allen, anunciada nesta terça-feira, considera que o ex-aluno do Ensino Médio, que se formou no ano passado, poderia continuar com a ação judicial em defesa de seus direitos.

A magistrada rejeitou a posição das autoridades do condado de Gloucester que exigiam o abandono do processo, e o caso permanecerá nas mãos da Justiça.

A batalha empreendida por Grimm atingiu alcance nacional e se tornou um símbolo da luta pelos direitos dos transgêneros.

O governo anterior, liderado por Barack Obama, emitiu uma circular federal, pedindo que o sistema de educação pública permitisse que os estudantes usassem os banheiros e vestiários do gênero com o qual eles se identificam, e não de acordo com seu sexo.

Mas a atual administração do presidente Donald Trump retirou essas instruções em março de 2017. E a Suprema Corte anulou naquele momento uma decisão do Tribunal de Apelações favorável a Grimm, de modo que o caso foi remetido para as instâncias inferiores.

A questão dos direitos dos transgêneros diz respeito apenas a uma pequena parte da população americana. No entanto, adquiriu uma dimensão muito mais ampla, especialmente sob a influência de argumentos religiosos, ou de segurança.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

O UOL está testando novas regras para os comentários. O objetivo é estimular um debate saudável e de alto nível, estritamente relacionado ao conteúdo da página. Só serão aprovadas as mensagens que atenderem a este objetivo. Ao comentar você concorda com os termos de uso. O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário da Universa. É grátis!

Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Blog da Morango
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
EFE
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
DW
Blog da Morango
Da Universa
ANSA
ANSA
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Blog da Morango
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Blog da Morango
AFP
Da Universa
BBC
Da Universa
Da Universa
Da Universa
Blog da Morango
Da Universa
Da Universa
Topo