menu
Topo

Universa

Cosméticos com probióticos trazem benefícios para a pele, conheça

Getty Images
A indústria descobriu os benefícios dessas bactérias do bem em cremes que hidratam, rejuvenescem e protegem contra espinhas Imagem: Getty Images

Jessica Arruda

Colaboração para o UOL

25/12/2017 04h00

Os probióticos ganharam fama em bebidas fermentadas que facilitam a absorção de nutrientes e regulam a flora intestinal. Mas, nos últimos anos, a indústria de cosméticos descobriu os benefícios dessas bactérias do bem em cremes que hidratam, rejuvenescem e até protegem contra espinhas.

Veja também:

Na prática, a própria pele já conta com um exército de microrganismos em sua superfície que combatem as bactérias invasoras. Uma dose extra destes agentes benéficos, associada a outros elementos, ajuda a amenizar os efeitos da poluição e dos excessos de sol e produtos químicos. 

Diferentemente dos lactobacilos vivos de bebidas como Yakult, a maioria destes cosméticos traz apenas os extratos das bactérias e fungos. Não existe o risco de fermentação do produto, por exemplo.

Quais são os benefícios?

Estas bactérias do bem somam forças com os demais ativos da formulação do cosmético, trazendo benefícios como a redução das linhas de expressão facial, recuperação da pele e até prevenção de espinhas.

Já foi comprovado que cremes à base de probióticos aumentam a produção de ceramidas, que hidratam a cútis e auxiliam no cuidado de peles secas e sensíveis. “No tratamento da acne, uma formulação com extrato de 5% de Lactobacillus plantarum reduz a vermelhidão, o tamanho da lesão e ainda melhora a barreira cutânea”, analisa Rafael Ferreira, farmacêutico e especialista em cosmetologia.

Existe alguma contraindicação?

O uso dos probióticos não tem restrições, mas é necessária avaliação médica antes de começar o tratamento. “Quando administrados em quantidades adequadas, eles mantêm a pele equilibrada. Desta forma, conseguimos diminuir o envelhecimento da pele e doenças como dermatite atópica e psoríase”, afirma a dermatologista Gabriella Albuquerque.

Como consumir? 

Há opções em creme, gel, sérum e também cápsulas manipuladas que podem ser ingeridas. Com recomendação médica, os probióticos podem atuar, ainda, de forma terapêutica em problemas de pele mais graves. “Eles auxiliam no efeito barreira e também com a sua ação anti-inflamatória, ajudam na sua proteção e como coadjuvantes de outros ativos, facilitando as suas respectivas ações”, acredita o dermatologista Murilo Drummond.

Bactérias da beleza

O mercado de cosméticos já conta com produtos de cuidados corporais e faciais feitos com probióticos. A La Roche-Posay usou esses microrganismos benéficos em um hidratante que promete reduzir as crises de ressecamento na pele, agravadas pelo desequilíbrio da flora bacteriana cutânea. “Novos estudos estão sendo realizados para comprovar a eficácia do ativo no cuidado da acne”, ressalta Barbara Gurgita, gerente de comunicação científica da marca.

Entre as brasileiras, a Adcos pode ser considerada uma das pioneiras do desenvolvimento deste tipo de cosmético e apostou em um produto que restaura a imunidade da cútis, deixando-a luminosa e macia. “De forma geral, a diversidade microbiológica em equilíbrio resulta em uma pele saudável, hidratada e fortalecida”, acredita Vitor Seixas, farmacêutico da empresa.

Veja alguns produtos com probióticos

  • Divuilgação

    Adcos

    O Aqua Pro.Bio apresenta concentração de ativos probióticos que hidrata a pele, restaurando sua imunidade. R$ 109, adcos.com.br

  • Reprodução/Beleza na Web

    Foreo

    Creme de Limpeza Facial com probióticos, extratos de bergamota, mandarina e damasco, que aumenta a resistência da pele contra agressões externas. R$ 149, sephora.com.br

  • Divulgação

    La Roche-Posay

    O hidratante Lipikar Baume AP+ contém o ativo biotecnológico probiótico chamado Aqua Posae filiformis e manteiga de karité, que deixa a pele hidratada e protegida. R$ 169,90, www.laroche-posay.com.br

  • Divulgação

    Clinique

    O hidratante Redness Solutions Daily Relief traz em sua composição probióticos que acalmam a pele com vermelhidão e rosácea. R$ 289, clinique.com.br

  • Divulgação

    BioLogicus

    Hidratante corporal que une extratos bioativos probióticos ao açaí e aloe vera para nutrir e proteger a pele. O produto vegano também regula o pH da pele, mantendo-a suave e aveludada. R$ 180, biologicus.com.br

Mais Universa