menu
Topo

Universa

Cabelo cacheado: 5 coisas que você precisa saber para deixá-lo maravilhoso

João Miguel Junior/Divulgação/ TV Globo
Para Lucy Ramos, que está no ar como a arquiteta Leila de "A Força do Querer", é essencial não descuidar da hidratação Imagem: João Miguel Junior/Divulgação/ TV Globo

Adriana Nogueira

Do UOL

18/08/2017 04h00

As pesquisas sobre cabelos cacheados cresceram 232%, ultrapassando pela primeira vez as por fios lisos. Para Lucy Ramos, a arquiteta Leila da novela “A Força do Querer” (TV Globo), ter tanta informação é um dos pilares da “revolução crespa”. “Graças a Deus a gente está vivendo um momento em que as mulheres, cada vez mais, estão se aceitando cacheadas e procurando informações”, fala a atriz.

Lucy diz que aprendeu, com o tempo, quais cuidados fazem a diferença. “Minha preocupação maior é hidratar, hidratar, hidratar. Faço semanalmente, alternando em casa e no salão.” O cabeleireiro Wilson Eliodorio -- expert em cachos que atende famosas como Taís Araújo -- endossa a importância da hidratação. “Esse tipo de cabelo chega a precisar de três vezes mais agentes hidratantes do que o liso.”

Lucy conta que entendeu que existem diversos tipos de cabelos cacheados e que o que funciona para um pode não funcionar para outro. “O jeito é ir experimentando, de produtos mais caros até os baratinhos.”

Mas há dicas que são universais e que podem te trazer de vez para o “lado cacheado da força”. Veja a seguir o que recomendam Eliodorio e a cabeleireira Carla Patrícia da Silva, do Salão dos Cachos, em São Paulo.

  • Prefira cortar a seco

    O corte tradicional -- feito com o cabelo ainda molhado -- não funciona para cacheadas e crespas. "Com o fio úmido, esticado com o pente, você corta um dedo e, quando seca, são dois a menos", explica Carla. "Cortando a seco, entende-se melhor o comprimento e o caimento do cabelo", fala Eliodorio.

  • Pode repicar, sim!

    Durante muito tempo, acreditou-se que fios crespos não deveriam ser repicados, pois ficariam ainda mais volumosos. Conceito errado. Repicar o cabelo define o volume, deixando-o maior ou menor, de acordo com o gosto da cacheada.

  • Fique de olho no rótulo de xampus e condicionadores

    Lavar os cabelos com xampus sem sulfato na composição fará toda a diferença na vida de crespas e cacheadas: produtos com a substância fazem uma limpeza muito intensa, tirando do fio não só a sujeira como também nutrientes. Na hora de condicionar, prefira aqueles sem parafina líquida, silicones e derivados do petróleo, componentes que grudam nos fios e só saem com sulfatos fortes.

  • Preste atenção em como seca o cabelo

    Depois de lavar -- massageando o couro cabeludo com movimentos circulares, sem friccionar --, não seque esfregando a toalha de banho na cabeça, o que só vai aumentar o frizz (aqueles fiozinhos arrepiados, que são o terror de muitas cacheadas). É melhor apertar os fios com a toalha, para tirar o excesso de água. Se trocar a toalha tradicional por uma fralda de pano ou por uma toalha de microfibra (aquelas fininhas usadas na academia), o resultado pode ser ainda melhor.

  • Desembarace com os dedos

    Sabe o pente de dentes largos? Seus dedos são melhores do que ele para desembaraçar o cabelo. "Com os dedos, você sente melhor o formato dos fios, evitando quebra", explica Eliodorio.

Mais Universa