menu
Topo

Horóscopo

O relacionamento de Peixes com outros signos

21/03/2016 17h31

Sinastria dos signos

  • Fernando Leal

    Peixes e Áries

    É possível que a atração aconteça à primeira vista entre um ariano e um pisciano. Mas para que a relação seja duradoura, há diferenças marcantes que deverão ser compreendidas e aceitas. Peixes é romântico, sensível e sonhador. Áries é conquistador, espontâneo e impulsivo. Ao se conhecerem, Peixes até acredita que encontrou sua alma gêmea, mas se o ariano for inconsequente e superficial, o pisciano se decepcionará. Peixes representa a área cármica, inconsciente e secreta de Áries. Há tendência para relações proibidas e secretas entre estes signos. Sexualmente, podem se apaixonar e se entender muito bem: os piscianos são sedutores e isso fascina os arianos, que são sensuais e impetuosos. Áries deve ter tato para não ferir a sensibilidade de Peixes com sua sinceridade, ao mesmo tempo em que Peixes precisa demonstrar mais confiança e autoestima, pois o ariano não gosta de demonstrações exageradas de carinho. Por outro lado, o individualista ariano tem a oportunidade de aprender sobre compaixão, tolerância e empatia com o pisciano.

  • Fernando Leal

    Peixes e Touro

    Quando esses dois se encontram acontece atração imediata: ambos são sensíveis, sensuais e românticos. Na vida sexual, se complementam muito bem. Peixes é sonhador, sedutor e misterioso, mas logo se entrega a uma relação, sem colocar limites em seus sentimentos. Já Touro é tranquilo, paciente e perseverante em seus objetivos. Se Peixes demonstrar comprometimento, Touro se entregará também. Mas as expectativas do início tendem a criar posteriores frustrações. Quando Touro descobre as indecisões, a sensibilidade excessiva ou a falta de senso prático do companheiro, se decepciona. Ou quando Peixes vê a inflexibilidade, o comodismo e o exagero de realismo de Touro, não tolera. No trabalho, essas diferenças ficam mais evidentes. Se estiverem dispostos a investir numa relação duradoura, devem aprender a se complementar: Touro com estabilidade, segurança e confiança; e Peixes com compaixão, tolerância, intuição e solidariedade. O taurino valoriza uma vida simples, caseira e tradicional e Peixes é fã de mudanças, é imaginativo, interessado por assuntos transcendentais.

  • Fernando Leal

    Peixes e Gêmeos

    Mais diferenças do que qualidades em comum, este é o perfil provável dessa união. Peixes é um signo de Água: sensível, imaginativo, intuitivo e romântico. Gêmeos é um signo de Ar: independente, mental, inquieto e inconstante. Depois de uma atração inicial, essas diferenças saltam aos olhos. Sexualmente também há tendência para baixa compatibilidade. Peixes, apesar de ser sedutor, tende a se mostrar carente, frágil ou insistente. Por sua vez, Gêmeos se mostrará frio, distante e autossuficiente. Encontrar química na vida íntima poderá ser uma tarefa difícil. Mas há alguns pontos em comum: são curiosos, flexíveis, apreciam a cultura, as artes e o conhecimento. Estão sempre abertos para novas ideias e dispostos a mudar de opinião se perceberem que estão equivocados. Tanto um quanto o outro não são signos dominadores, não tentarão mudar o outro ou impor sua forma de ver as coisas. Isso é uma vantagem e pode trazer uma garantia para a construção de uma vida em comum com base na igualdade de opinião e de direitos para ambas as partes.

  • Fernando Leal

    Peixes e Câncer

    Esse é um encontro de dois signos de Água: românticos, sensíveis e sonhadores. A relação tem tudo para ser produtiva se ao menos um dos dois cultivar o mínimo de praticidade. Caso contrário, se perderão em sonhos irrealizáveis, discussões sentimentais, melindres, manias poéticas e fantasiosas. A atração entre eles é instantânea e marcante, mas há chances de ser uma união duradoura: se apaixonarão por conta dos vários pontos em comum. Câncer é cuidadoso, carinhoso e acolhedor. Peixes é introvertido, intuitivo e emotivo. Tudo isso também favorece a amizade. Peixes encanta o canceriano com sua inspiração, com seus arrebatamentos artísticos. Por sua vez, Câncer traz para Peixes segurança, apoio e valores tradicionais mais estáveis. Ambos apreciam as relações íntimas, os laços afetivos, o aconchego do lar. Tendem a compreender os sentimentos e as necessidades do outro intuitivamente, numa relação quase telepática. Mas é preciso que cultivem segurança, ainda, alguma objetividade, para que não se desgastem emocionalmente com questões financeiras ? este é o ponto fraco do casal.

  • Fernando Leal

    Peixes e Leão

    Dois signos com natureza, interesses e personalidades muito distintas. A não ser que haja outros pontos favoráveis no mapa astrológico dos parceiros, esta será uma relação difícil e com poucas chances de sucesso. Peixes é sensível, introspectivo, romântico e sonhador. Leão é extrovertido, confiante, orgulhoso e dominador. Sexualmente, Peixes anseia por uma união mágica, uma fusão emocional completa, com pitadas de mistério e encantamento. Já Leão busca por prazer, carinho e paixão, e gosta de elogios e da expressão verbal dos sentimentos. Mas ao longo do tempo, possivelmente Leão não terá paciência para os sentimentalismos de Peixes. Por sua vez, Peixes não irá apreciar a vaidade e o exibicionismo de Leão. É importante que haja sinceridade e que se conheçam muito bem antes de se comprometerem sério. Quanto mais generosos e compreensivos forem, melhor será a união: Peixes aprenderá com Leão lições de confiança, autoestima e coragem; e Leão aprenderá com Peixes lições de compaixão, inspiração, solidariedade e fé.

  • Fernando Leal

    Peixes e Virgem

    Eis uma combinação de dois signos opostos e complementares. Justamente por isso, podem se integrar: Peixes trazendo mais romance, fantasia e imaginação para o mundo burocrático e metódico de Virgem, que pode levar um pouco de praticidade, ordem e segurança para o sonhador Peixes. Na questão sexual, há chance de haver química e atração. Ambos se entenderão, desde que Virgem deixe um pouco de lado seu conservadorismo e abra seu coração para Peixes, que costuma ser sensível, carinhoso e sedutor. Por causa das diferenças, há alguns riscos: Peixes poderá se incomodar com a frieza, a rigidez, o perfeccionismo de Virgem; e Virgem tem propensão a ficar desconcertado com a falta de senso prático, o sentimentalismo, a distração e as loucuras de Peixes. Virgem deve aprender com Peixes que um pouco de desordem, de fé e de entrega faz bem à alma. Já o pisciano encontrará no virginiano um ótimo apoio para que possa estruturar seus projetos e transformar seus sonhos em realidade. Com suas qualidades combinadas, o casal formará um lar acolhedor e ao mesmo tempo organizado e criativo.

  • Fernando Leal

    Peixes e Libra

    Aqui ocorre uma junção de dois signos românticos, carinhosos, sedutores e atenciosos. Portanto, é uma parceria promissora. Mas há algumas diferenças: Libra é um signo de Ar, mental, ponderado, racional e prudente. Peixes é um signo de Água: sensível, emotivo, místico e intuitivo. O casal deverá usar as diferenças para se complementarem: Peixes ajudando o companheiro a ter mais fé, imaginação e compaixão; Libra trazendo estabilidade psicológica, apoio, capacidade racional e analítica para o pisciano. Libra é um signo mais social, comunicativo e extrovertido. Peixes é mais introspectivo, parecendo até mesmo mais enigmático. Sexualmente, Peixes se mostrará sempre encantador e Libra gentil. Ambos são apaixonados pelas artes, solidários e interessados pelas causas sociais. Libra gosta de tomar iniciativa e comandar; já Peixes estará disposto a agradar e oferecer seu apoio. Peixes entenderá os ataques de indecisão de Libra, já que ele também nutre certos receios. O casal enfrentará dificuldades com sua hesitação e indecisão, então, os conselhos de uma terceira pessoa serão bem-vindos.

  • Fernando Leal

    Peixes e Escorpião

    Esses são dois signos do elemento Água: sensíveis e emotivos. Sendo assim, devem tomar cuidado para não se magoarem. Pode haver grande atração, química e magnetismo. Escorpião se encanta com a imaginação, a sedução e o romantismo do companheiro, enquanto Peixes se sente atraído pela natureza profunda e misteriosa de Escorpião. Na vida sexual, a química acontece de forma irresistível. Os dois se mostrarão carinhosos, impetuosos, leais e companheiros. Escorpião, quando se compromete, se entrega de corpo e alma. Peixes é romântico e quando se apaixona também se entrega com devoção. Diante de conflitos, Peixes parecerá mais indefeso, porém é mais adaptável. Para que o relacionamento se torne duradouro, Escorpião deve ser mais compreensivo e cuidadoso diante da sensibilidade de Peixes. Por sua vez, Peixes precisa ser mais tolerante com a teimosia e a obstinação de seu companheiro. Numa parceria profissional, Peixes contribuirá com solidariedade, inspiração artística e criatividade; Escorpião com energia, coragem, capacidade investigativa e estratégia.

  • Fernando Leal

    Peixes e Sagitário

    Vemos nessa combinação um encontro de um signo aventureiro (Sagitário) com um signo sonhador (Peixes). É bem possível que sejam excelentes companheiros para viagens, estudos e programas culturais. Sexualmente, o clima tende a ser de romance, paixão e erotismo. Peixes se sentirá atraído pelo alto-astral, energia e confiança de Sagitário, que se encantará com a sensibilidade e a inspiração de Peixes, cujo perfil é romântico e sedutor. O pisciano quer atenção, envolvimento e comprometimento, enquanto o sagitariano precisa de espaço e liberdade. A franqueza por vezes exagerada de Sagitário pode ferir os sentimentos de Peixes. Por outro lado, Sagitário tem tendência a se entediar com a fragilidade, o sentimentalismo e a introspecção pisciana. Profissionalmente são bons colaboradores: Sagitário com sua confiança, coragem e sabedoria; e Peixes com sua intuição, sensibilidade e criatividade. Sagitário quer aprender, buscar sabedoria, conhecer outras culturas, outras religiões e compartilhar conhecimentos. Peixes quer encontrar inspiração nas artes, nos assuntos místicos e nas experiências transcendentais.

  • Fernando Leal

    Peixes e Capricórnio

    Eis dois signos com naturezas muito diferentes, mas que podem se complementar. A combinação do elemento Terra (Capricórnio) com o elemento Água (Peixes) gera bons frutos. Capricórnio fornece apoio, planejamento e estrutura, enquanto Peixes proporciona imaginação, sensibilidade e inspiração. Mas é preciso que conheçam suas qualidades e respeitem seus interesses divergentes. Devem conversar muito para evitar conflitos. Se a parceria se basear apenas na atração física, dificilmente irá durar. O romântico e místico Peixes considera Capricórnio muito frio, cético, sério e pouco comunicativo. Já Capricórnio enxerga em Peixes uma pessoa sentimental, frágil, distraída e sonhadora. Mas há possibilidade de sucesso, se houver comprometimento. Ambos são leais: Peixes, quando se apaixona, é capaz de tudo para agradar a pessoa amada; Capricórnio é sincero, honesto e protetor. Juntos podem fazer com que seus sonhos se tornem realidade. O sensível Peixes sentirá apoio, força e proteção de Capricórnio quando atravessar experiências difíceis. Por sua vez, os capricornianos podem encontrar compaixão, afeto, empatia e fé nos piscianos.

  • Fernando Leal

    Peixes e Aquário

    A princípio, o casal pode se sentir atraído por suas excentricidades, pela visão solidária e humanitária que os dois têm em comum. Sexualmente, Aquário se sentirá atraído pela sedução e pelo misticismo de Peixes, (que, aliás, é um dos poucos signos que entende Aquário). Ambos experimentarão juntos novas sensações. Mas depois de certo tempo, as diferenças ficarão evidentes. Embora Peixes seja compassivo e se esforce para agradar, algumas vezes Aquário irá causar-lhe incômodo, constrangimento ou irritação. O romântico pisciano tende a ficar incomodado com a natureza independente, imprevisível e contestadora do aquariano. O racional Aquário se incomodará com a carência, a introspecção ou o sentimentalismo exagerado de Peixes. Ambos devem ser mais tolerantes com suas fraquezas e devem trabalhar juntos para superá-las. Precisam tomar mais cuidado com os assuntos práticos da vida, pois os dois têm dificuldade para lidar com as questões da rotina e das finanças. São signos intuitivos e são mais voltados para o mundo, para os grandes questionamentos em relação à vida e ao Universo.

  • Fernando Leal

    Peixes e Peixes

    Peixes é romântico, sonhador, sensível e místico. Um casal pisciano pode se apaixonar e viver uma fantasia, um sonho mágico. Sexualmente, viverão momentos de cumplicidade, sedução, prazeres e muita emoção. Cada um tratará seu parceiro com carinho e cuidado, sempre buscando o bem-estar e a harmonia. Mas ao casal pode faltar praticidade e poder de decisão, a não ser que outros pontos nos mapas astrológicos do casal favoreçam a objetividade. Para que o relacionamento funcione, é importante focar nas questões práticas da vida. Peixes é acolhedor, compassivo, afetuoso, delicado, mas também tem seus momentos de fragilidade, melancolia e irritação. Os sonhos, a intuição e suas habilidades telepáticas são muito desenvolvidos, podem se comunicar até mesmo sem necessidade de falar. Por tudo isso, o casal tende a se mostrar muito compreensivo com as limitações um do outro. De qualquer forma, ambos compreendem sua natureza e suas fraquezas, conhecem seus segredos, suas dores e aflições e tendem a ser muito compassivos um com o outro diante de seus desafios e obstáculos.

Mais Horóscopo