Topo

Horóscopo


Junho de 2019: prometer ou esperar demais pode trazer decepções amargas

Bryan Golf/Unsplash
Imagem: Bryan Golf/Unsplash

Barbara Abramo

Da Universa, em São Paulo

2019-06-01T00:00:00

01/06/2019 00h00

Junho começa com uma linda Lua nova em Gêmeos, no dia 3, acionando o espírito inventivo e engenhoso típico dos brasileiros. Em Câncer, Mercúrio movimenta as reuniões e encontros, as festas populares e o clima de sonho que abre o mês. Em sintonia com Urano, o astro da comunicação traz novidades neste campo. Ótima época para engatar projetos que visem a algo pioneiro e inovador na educação. Na segunda semana, Vênus entra em Gêmeos, movimentando o turismo e prometendo bonitas manifestações de arte popular Brasil afora.

No Brasil, Gêmeos simboliza tanto o espírito criativo e engenhoso -- características nossas que são marcantes --, como também as oposições ao governo. O período em que o Sol e outros planetas transitam pelo signo anuncia movimentação e novidades na política, trazendo destaque para algumas figuras da oposição que podem movimentar a opinião pública.

O curto período que vai do dia 9 ao 16 está repleto de intensos aspectos astrológicos. O mais importante deles é a tensão entre Júpiter e Netuno, entre 12 e 20. É uma época em que promessas podem enganar e confundir. Na política, na economia ou em qualquer outro campo, prometer ou esperar demais criará decepções amargas. Isso se aplica principalmente a figuras de poder econômico ou político.

No dia 16, desorientação, enganos e fake news devem confundir ainda mais a todos. Neste dia, Mercúrio tensiona Saturno, anunciando problemas climáticos ou geológicos. Já na virada para a segunda quinzena temos a Lua cheia em Sagitário, no dia 17. Uma conjuntura explosiva ocorre na mesma época, confrontando forças numa queda de braço, com direito a algum show de intimidação midiático. Mais uma vez, há risco de problemas climáticos.

A chegada oficial do inverno, no dia 21, marca a entrada do Sol em Câncer, signo de patriotismo, emoção e que fortalece os vínculos entre as pessoas. Além disso, esquenta as festas juninas com clima bom para sonhar, se divertir e soltar a veia criativa. Se no âmbito das festividades tudo fica mais bonito, Vênus, Júpiter e Netuno prometem confusões e erros de avaliação na economia. Podem ocorrer desperdícios, alta do dólar e erros nas relações comerciais. Será uma época em que o Brasil não poderá supervalorizar seu poder de barganha no cenário internacional, sob a pena de ficar de fora de alguma negociação importante.

Nos últimos dias de junho ocorre a Lua minguante em Áries, no dia 25, que aciona alguma crise sobre a utilização dos recursos naturais do Brasil. O clima político pode ficar amargo e difícil.

Na mesma semana, Mercúrio entra em Leão, no dia 26, movimentando acontecimentos nas áreas ligadas ao Executivo. Em bom aspecto com Urano, o Sol encerra o mês com alguma novidade interessante no campo da pesquisa científica, descoberta ou avanço médico e também na pecuária. Novidades na área financeira são a promessa de Sol e Urano, que devem atuar de maneira direta e indireta na dinâmica nacional.

Mais Horóscopo